IoT & REDES
Solução Indra ajuda a poupar na eletricidade e água em edifícios públicos

Solução Indra ajuda a poupar na eletricidade e água em edifícios públicos

A City Landscape Management, solução para gestão em tempo real dos serviços das cidades, promete uma redução de 45% na iluminação e 25% no consumo de água para rega de espaços públicos.

A Indra desenvolveu a ferramenta mais avançada do mercado para gerir e operar de forma centralizada e em tempo real os diferentes serviços e soluções das cidades e territórios inteligentes e realizar o seguimento dos resultados conseguidos. A City Landscape Manager permite alcançar eficiências melhoram significativamente a gestão dos serviços e repercutem de forma positiva na qualidade de vida dos cidadãos.

A utilização de APPs móveis, por exemplo, ligadas à solução para proporcionar informação sobre o estado de ocupação dos parques de estacionamento e do trânsito permite reduzir para quase metade o tempo que se demora a encontrar um lugar de estacionamento. Juntando a redução do tempo nos engarrafamentos de trânsito e o tempo que os condutores poupam, a solução também contribui para reduzir as emissões de gases contaminantes dos veículos, pois não precisam de dar tantas voltas para encontrar um lugar de estacionamento. 

Outro benefício importante para as cidades é a redução dos custos na recolha seletiva de resíduos em cerca de 11% graças à utilização de sensores que controlam o nível de enchimento dos contentores. Deste modo é possível otimizar a frequência e o período de recolha, reduzindo-se o número de horas de trabalho desnecessárias, o que contribui para uma melhoria do meio ambiente graças à redução do número de camiões em circulação.

A solução da Indra também permite reduzir em mais de 35% o consumo de água para rega graças ao cruzamento de dados com os serviços de meio ambiente e a meteorologia (por exemplo, o grau de humidade da terra e a previsão de chuva), permitindo que se regue somente quando não tenha chovido e que se adapte a quantidade de água às necessidades de cada parque ou jardim.

Esta solução permite ainda, reduzir em cerca de 45% a factura energética de iluminação e edifícios públicos, graças às políticas de eficiência energética. A redução, neste caso, verifica-se devido à troca por iluminação LED e regulação por sistemas M2M (presença e tipo de zona), que permitem aumentar ou reduzir a intensidade da iluminação em função da detecção da presença de pessoas ou veículos. Facilita, ainda, o controlo remoto dos edifícios com o consumo sectorizado por pisos e salas e permite comparar os consumos para estabelecer políticas sobre a temperatura no seu conjunto.

A City Landscape Manager é um centro virtual de gestão inteligente capaz de gerir de forma integrada os eventos planeados assim como os que não o estão, cruzar a informação dos diferentes serviços e soluções verticais, e melhorar a toma de decisões. Tudo isto é possível graças às suas capacidades analíticas e de simulação, que permitem realizar previsões sobre o que vai acontecer a partir da reprodução de procedimentos de actuação utilizados em situações ou eventos semelhantes anteriores que tenham ficado registados para gerar serviços públicos cada vez mais adaptados às necessidades do cidadão (por exemplo, na organização de uma corrida, é possível verificar a localização e o número dos dispositivos de segurança utilizados numa ocasião anterior e simular alterações para evitar as aglomerações verificadas no passado).

Este gestor inteligente está construído sobre a solução Minsait IoT Sofia2, a plataforma Internet of Things da unidade de transformação digital da Indra, e utiliza as suas capacidades Big Data e de adquisição da informação para gerar os serviços avançados de operação, monitorização, análise e melhoria da gestão da cidade.

A Indra apresentou as capacidades da City Landscape Manager na Smart City Expo World Congress, que se realizou em Barcelona entre os dias 14 e 16 de novembro. 

 

Visão 360º da cidade

A solução contempla três perfis reais e diferenciados na gestão municipal: gestor dos serviços ou áreas da cidade, presidente da câmara e cidadão/turista. O gestor ou operador monitoriza os indicadores dos diferentes serviços verticais da cidade e cruza os dados para agir em tempo real ou planear acções que garantam o adequado funcionamento da cidade e o bem-estar dos cidadãos (por exemplo, políticas de restrição da circulação de veículos a partir dos dados dos serviços de transporte e meio ambiente ou da criação de campanhas de mobilidade em bicicleta a partir de dados históricos sobre o seu uso). A ferramenta também recolhe, através das redes sociais, a percepção do cidadão como sensor sobre os serviços ou eventos que acontecem na cidade. 

O presidente da Câmara, por sua vez, pode aceder em qualquer momento, desde qualquer dispositivo fixo ou móvel, à informação mais relevante sobre o que acontece e aconteceu na cidade com os dados associados, ao histórico de interacções (timeline) nas redes sociais entre o município e o cidadão (por exemplo, pode ler um comentário no Twitter que fala de forma positiva de um serviço e visualizar gráficos sobre a percepção dos cidadãos em diferentes áreas), ao planeamento de recursos em cada vertical e à informação de contexto sobre eventos aos que tem previsto assistir. Outras prestações importantes são os indicadores de gestão, que mostram em qualquer momento o nível de cumprimento em relação aos objetivos marcados (por exemplo, redução de emissões ou de acidentes de trânsito), e que podem ser comparados com os de outras cidades através de técnicas de benchmarking.

Por último, a solução põe à disposição do cidadão uma página de internet que lhe permite ter ao seu alcance e com a antecedência suficiente toda a informação prática da cidade (incidências, meio ambiente, tráfego, eventos). Inclui também indicadores da cidade para além de uma ferramenta de comunicação bidireccional que lhe permite reportar incidências e receber avisos por parte do município sobre a sua resolução (por exemplo, o abatimento do piso numa rua ou uma falha no sistema de recolha de lixo). Todas as gestões estão vinculadas a um CRM Cidadão que facilita o seguimento das interacções e avalia o grau de satisfação dos cidadãos através de capacidades analíticas. 

A City Landscape Manager está, actualmente, a ser implementada no Município de Logronho com diversas soluções de âmbito vertical. Esta iniciativa permitirá ao município desenvolver serviços avançados que poupem energia e reduzam custos de manutenção e ineficiências nos processos habituais de gestão da cidade graças a uma visão global e integrada.

 

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.