SMART CITIES
Soluções para Smart Cities da Minsait impulsionam a transformação de cidades em todo o mundo

Soluções para Smart Cities da Minsait impulsionam a transformação de cidades em todo o mundo

Projetos Smart Cities, desenvolvidos com a plataforma Onesait Government Cities e implementados pela empresa da Indra já permitem reduzir em 45% os custos em iluminação, em 35% o consumo de água e otimizar o tempo de resposta aos cidadãos em 25%.

Atualmente, cidades de todo o mundo enfrentam novos desafios relacionados com as alterações do perfil demográfico, que resultam em muitos casos de uma população mais envelhecida e diversa. Neste contexto, assiste-se a uma exigência crescente dos cidadãos, cada vez mais informados, em relação à resposta proporcionada pelos serviços urbanos, em quantidade e qualidade. Por esta razão, urge preparar as cidades para esta realidade, apostando na transformação digital através de uma abordagem transversal.

Joana Miranda, diretora da área de Administração Pública e Saúde da Minsait, uma empresa da Indra, em Portugal, entende que o caminho para a digitalização das cidades exige, antes de tudo, “a definição clara de um plano estratégico que identifique os principais eixos passíveis de transformação e estabeleça os objetivos a atingir. O processo de transformação das cidades deve assentar em ações exequíveis e de impacto positivo tangível para os cidadãos que, de forma gradual, permitam alcançar os objetivos definidos”

A solução para Smart Cities da Minsait assenta exatamente nesta visão holística e integrada das necessidades de uma cidade. “A Onesait Government Cities utiliza como base tecnológica a Plataforma Onesait da Minsait, com capacidades Internet of Things (IoT), Analítica Avançada e Big Data. A solução permite, através de módulos funcionais específicos, controlar e fazer a gestão em tempo real de elementos tão variados como o afluxo turístico, eficiência energética, mobilidade ou recolha de resíduos, para melhorar e criar serviços inovadores mais adaptados às necessidades de cada cidadão, de forma proativa”, explica Joana Miranda.

Atualmente, a Minsait é uma das poucas empresas no mundo capaz de fornecer uma oferta abrangente para Cidades Inteligentes, que inclui, desde serviços ao cidadão, transporte e mobilidade, gestão de infraestruturas e energia sustentável, segurança e emergências, até à implementação de uma plataforma urbana para integrar e gerir informações da cidade. Neste âmbito, a empresa desenvolveu mais de 120 projetos em todo o mundo.

De acordo com dados obtidos em projetos semelhantes, a implementação deste tipo de plataformas permite às entidades estatais reduzir em 45% os custos em iluminação de edifícios públicos e mais de 35% no consumo de água para rega de espaços urbanos. Já o tempo de resposta das entidades estatais aos cidadãos, no que se refere a solicitações ou sugestões, foi otimizado em 25%. Os projetos inteligentes de gestão de resíduos da Minsait estão também a revelar uma diminuição significativa no impacto ambiental e económico, devido à otimização das rotas de recolha.

Minsait acelera transformação das Cidades Inteligentes

Em Espanha, a Minsait está a colaborar ativamente com vários municípios, no âmbito do Plano Nacional Red.es, para a implementação e desenvolvimento de projetos Smart Cities. O objetivo é otimizar os diferentes serviços verticais através de uma gestão integrada. Em Logronho, a plataforma Minsait está a desenvolver várias ações “smart” nas áreas de gestão de energia e de água, da qualidade do ar e ainda da mobilidade inteligente. Antuérpia, na Bélgica e Helsínquia, Finlândia, são outros exemplos de cidades europeias que contam com a plataforma Minsait para impulsionar a transformação digital das cidades que visa uma melhor qualidade de vida para todos os seus cidadãos. 

Um dos projetos atuais da Minsait é a plataforma de gestão de dados urbanos, implementada em Casablanca, Marrocos. A Minsait assinou um contrato com a empresa de desenvolvimento da cidade marroquina, a Casablanca Prestations, com o objetivo de impulsionar a transformação digital da cidade e tornar-se assim uma referência para a modernização urbana em Marrocos. A sua plataforma Onesait Government Cities vai cruzar e analisar informações dos mais diversos serviços, como a recolha de lixo, distribuição de energia e água, e tráfego para responder, em tempo real, a eventos e, em simultâneo, criar políticas e serviços públicos, mais adaptados às necessidades dos cidadãos.   

Numa fase inicial, vão ser integradas nesta plataforma as informações referentes ao serviço de higiene pública (por exemplo, recolha de resíduos urbanos, localização e volume dos contentores, etc.) e também informação do sistema de mercado abastecedor de frutas e legumes (volumes por tipo de produto, preços e distribuidores). Neste projeto, serão ainda efetuadas provas de conceito para integrar na plataforma dispositivos Internet of Things que recolham informação de áreas como o ambiente, transportes, energia, entre outras. 

“A nossa experiência neste domínio diz-nos que a utilização destas plataformas no governo de uma cidade potencia um conjunto de eficiências, que resultam em melhorias muito significativas na gestão dos serviços urbanos, com um impacto muito positivo na vida dos cidadãos”, conclui Joana Miranda.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext para a Minsait

Tags

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.