ENERGIAS
Iberdrola irá construir maior central fotovoltaica da Europa

Iberdrola irá construir maior central fotovoltaica da Europa

Construída pela Iberdrola, a maior central fotovoltaica projetada na Europa, com 590 MW de capacidade, começará a operar em 2022, em Espanha, e deverá evitará a emissão para a atmosfera de mais de 245.000 toneladas de CO2 por ano

A Iberdrola e a Danone juntaram forças para o cumprimento dos seus compromissos de sustentabilidade com o contrato de compra e venda de energia a longo prazo (PPA – Power Purchase Agreement), que impulsionará o desenvolvimento da maior central fotovoltaica da Europa.

A iniciativa consolida a estratégia renovável da Danone a longo prazo e permite que 100 % da energia elétrica renovável usada nas suas empresas e fábricas provenha deste projeto solar. O acordo alcançado garantirá o fornecimento de eletricidade a longo prazo a todas as unidades de produção da Danone, localizadas nas Astúrias, Barcelona, Girona, Guadalajara, Granada, Madrid e Valência, bem como aos centros de logística e escritórios. Esta aliança foi complementada pelos fornecedores da Danone, Graham Packaging e Salvesen Logística.

O acordo alcançado entre as duas empresas estipula que a Iberdrola forneça energia limpa aos 29 pontos de abastecimento da Danone em Espanha durante um período de 10 anos, a partir de abril de 2022. O volume de energia fornecido por este PPA alcançará 73 GWh/ ano. A Danone complementará o seu consumo com mais um contrato anual de energia verde com a Iberdrola de até 104 GWh / ano.

A energia elétrica 100% renovável fornecida virá do projeto Francisco Pizarro – a maior central fotovoltaica projetada na Europa, com 590 MW de capacidade – que a Iberdrola está a construir entre os municípios da Estremadura de Torrecillas de la Tiesa e Aldeacentera, em Cáceres. A operar em 2022, evitará a emissão para a atmosfera de mais de 245.000 toneladas de CO2 por ano, reforçando a competitividade desta tecnologia para a proteção do meio ambiente e para a mitigação do aquecimento global.

A sua construção contribuirá para a geração de emprego, prevendo-se o envolvimento de mais de 1.200 profissionais nos momentos de pico da sua execução, dinamizando o tecido industrial da comunidade. O projeto representa um investimento superior a 300 milhões de euros.

Francisco Pizarro insere-se na ambiciosa estratégia da Iberdrola em projetos de geração de energias renováveis, bem como no seu compromisso com contratos bilaterais, como forma de promover o fornecimento de energia a preços competitivos e estáveis a grandes clientes empenhados com o consumo responsável.

“Através dos PPA abrem-se muitas oportunidades para o desenvolvimento de projetos renováveis que estão a transformar o presente e o futuro da energia e a contribuir para a recuperação económica. Os contratos de compra e venda de energia a longo prazo proporcionam estabilidade aos investimentos e constituem uma ferramenta ideal para a gestão do fornecimento de energia elétrica a grandes consumidores empenhados com um consumo limpo e sustentável. Estes acordos demonstram a competitividade das energias renováveis e a sua capacidade de fornecer energia a preços acessíveis e estáveis”, explica Ángeles Santamaría, CEO da Iberdrola Espanha.

Para a Danone, a saúde das pessoas e do planeta estão intimamente ligadas, o que se reflete na sua visão “One Planet, One Health”. “Queremos avançar para uma nova forma de fazer negócios que tenha em conta não só a demonstração de resultados, mas também o impacto económico e social da nossa atividade”, afirma Paolo Tafuri, CEO da Danone Ibéria. “Esta iniciativa ajuda-nos a cumprir os nossos ambiciosos compromissos ambientais, objetivos que fazem parte da nossa estratégia global e que afetam toda a nossa cadeia de valor”, conclui.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.