ENERGIAS
Microsoft e Danfoss desenvolvem plataforma IoT para refrigeração

Microsoft e Danfoss desenvolvem plataforma IoT para refrigeração

A Danfoss Cooling Cloud Suite permite monitorizar e controlar automaticamente os sistemas de refrigeração e climatização em estabelecimentos de retalho alimentar, permitindo reduzir o desperdício de alimentos, diminuir o consumo de energia e otimizar o desempenho geral do estabelecimento

Hoje, para as lojas de retalho alimentar, as operações estão a tornar-se cada vez mais complexas. Permanecer em conformidade e reduzir a perda de alimentos requer muita mão de obra; garantir que a refrigeração, a iluminação, o HVAC, etc., funcionem eficientemente pode consumir muito tempo e, muitas vezes, exige conhecimento especializado. 

A Microsoft e a Danfoss formaram uma parceria para desenvolver a plataforma Danfoss Cooling Cloud Suite, que permite monitorização e controlo automatizados da refrigeração e HVAC em estabelecimentos de retalho alimentar, permitindo reduzir o desperdício de alimentos, diminuir o consumo de energia e otimizar o desempenho geral do estabelecimento.

Estes serviços cloud vêm a aumentar a eficiência operacional dos equipamentos, processando e analisando dados de ativos de refrigeração, HVAC, iluminação de forma segura para conseguir insights de relevância para a loja em interfaces intuitivas.

“A Danfoss Cooling Cloud Suite ajudará as lojas de retalho alimentar (…) ao fornecer informações que ajudarão os decisores a tomar determinadas decisões – por exemplo, ao fazer comparações entre as lojas para identificar os desempenhos mais altos e mais baixos. Isso irá reduzir os custos operacionais e o consumo de energia”, refere Dr. Jan-Hendrik Sewing, Senior Vice President da divisão de serviços da Danfoss. 

A Danfoss Cooling Cloud Suite permite reduzir o tempo requerido para gerir problemas com o equipamento da loja em até 80%, uma vez que os ativos conectados são monitorizados de forma a garantir ação imediata e automática em caso de falha. Reduz também o desperdício de alimentos em até 40%, uma vez que a temperatura é monitorizada automaticamente e são ativados alarmes se a temperatura estiver acima do limite. Por último, permite poupar mais de 30% do consumo total de energia em picos de carga, ao reduzir o consumo de energia pela iluminação, refrigeração, HVAC e outros aparelhos elétricos.

A implementação deste sistema requer apenas a instalação de sensores, controlos e gateways, visto o serviço ser baseados na cloud e não exigir hosting local, permitindo assim agilidade de implementação e escalabilidade para qualquer necessidade futura da loja.

 

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.