ENERGIAS
Novo acordo para a produção de energia marinha

Novo acordo para a produção de energia marinha

A Schneider Electric e a Minesto assinaram um acordo para desenvolver e construir parques de energia marinha de forma a permitir uma transição global para sociedades de emissões zero

A Schneider Electric e a Minesto assinaram um Memorando de Entendimento para trabalharem juntas no sentido de desenvolver e construir parques de energia marinha com base na tecnologia Deep Green da Minesto.

A colaboração entre a Minesto e a Schneider Electric pretende acelerar a implementação comercial de energia marinha, de forma a permitir uma transição global para sociedades de emissões zero, que necessitarão de sistemas energéticos com geração de energia planeável e renovável.

Para potenciar a proposta de valor da energia marinha junto dos clientes, a Minesto e a Schneider Electric vão colaborar com os principais produtores independentes de energia e empresas de energia elétrica, e integrar o know-how e os produtos da Schneider Electric com a tecnologia pioneira de energia de marés e correntes oceânicas da Minesto.

Os projetos, que podem variar entre pequenas instalações de microgrid e parques multi-megawatt, serão identificados, avaliados e desenvolvidos em conjunto, incluindo a exploração dos canais de vendas de cada uma das partes. A colaboração abrangerá o processo completo, desde a integração de sistemas ténicos e gestão de projetos até às oportunidades de venda e financiamento dos mesmos.

“Estamos muito satisfeitos por unir forças com a Schneider Electric, líder global em transição energética e transformação digital. Esta é, para nós, uma parceria estratégica que desempenhará um papel crucial na implementação comercial da tecnologia Deep Green. A presença global, a vantagem tecnológica e a experiência na integração da produção de energia renovável e das microgrids da Schneider Electric vão potenciar a proposta de valor da Minesto para os clientes e investidores em projetos de energia renovável ”, afirmou Dr. Martin Edlund, CEO da Minesto.“Para além disto, vamos utilizar esta parceria para estabelecer uma liderança de opinião e informar os decisores sobre as oportunidades e vantagens das novas tecnologias complementares de energia renovável; e, de forma igualmente importante, construiremos sistemas de energia totalmente sustentáveis, alicerçados na geração de energia de base previsível no oceano.”

“Estamos expectantes quanto a trabalhar com a Minesto para trazer a energia marinha para o mix global de energias renováveis, equilibrando as energias renováveis variáveis com outras de base previsível e renovável”, comentou Gary Lawrence, Power and Grid Segment President da Schneider Electric. “Para nós, tem sido significativamente importante enveredar pelo setor da energia marinha com um parceiro que desenvolve uma tecnologia revolucionária, possui um mercado global e tem potencial para a geração de energia a um preço competitivo.”

“Os utilizadores e produtores de energia exigem cada vez mais soluções sustentáveis para alcançarem os seus objetivos de redução de carbono, ao mesmo tempo que aumentam a sua resiliência de negócio. Espera-se que as energias renováveis baseadas nas marés e correntes do oceano contribuam significativamente para essa conquista, tanto para comunidades de energia como para utilizadores remotos”, finalizou Matthieu Mounier, Head of Microgrid da Schneider Electric.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.