REDES
Como tirar o máximo partido do 5G

Como tirar o máximo partido do 5G

Ao abrir o primeiro dia da conferência online Better World Summit, Guo Ping, Chairman da Huawei, explicou de que forma as empresas e operadoras podem aproveitar ao máximo o potencial do 5G através da sinergia entre a conectividade, IA, cloud, computação e aplicações da indústria

No dia da abertura do Better World Summit, realizado online a 27 de julho, o Rotating Chairman da Huawei, Guo Ping, explicou de que forma a sinergia entre os cinco principais domínios da tecnologia irá ajudar a alcançar todo o potencial do 5G para impulsionar o sucesso comercial. Oradores convidados de operadoras, organizações do setor e entidades de standardização, como a China Telecom, Etisalat, MTN, GSMA e 3GPP / ETSI, juntaram-se a vários milhares de participantes on-line de mais de 80 países para explorar de que forma é que as tecnologias de informação e comunicação podem impulsionar um novo crescimento económico, no presente e num mundo pós-pandemia. 

 

Tecnologia no combate à a pandemia

A pandemia reformulou a forma como vivemos e trabalhamos e infligiu um duríssimo golpe na economia mundial. Felizmente, o IT oferece um conjunto concreto de ferramentas para ajudar na luta contra o COVID-19 em várias frentes.

"Como empresa de IT, é nossa responsabilidade usar a tecnologia que temos para ajudar a conter e combater esta pandemia", refere Guo. "Juntamente com os nossos parceiros e clientes, desde operadoras a empresas de todos os géneros, podemos usar soluções tecnológicas para causar um impacto positivo nas nossas comunidades”.

Acrescenta”esquenta ainda: Com base na nossa experiência com hotspots iniciais, desenvolvemos nove soluções scenary-based que usam tecnologias de informação para ajudar a combater a pandemia. Seja a implementação de redes hospitalares, consultas remotas, educação on-line ou a reabertura de governos e empresas, temos estado a compartilhar a nossa experiência e capacidades para ajudar a controlar a propagação do vírus e reabrir as economias ".

 

Sinergia tecnológica para alcançar o potencial do 5G

Segundo Guo, já existem mais de 90 milhões de utilizadores 5G em todo o mundo. “À medida que a implementação global de 5G começa a ser concluída, precisamos de reforçar o nosso foco em aplicações da indústria. Isso ajudar-nos-á a alcançar o potencial completo do 5G".

O argumento comercial do 5G não se limita apenas a uma melhor conectividade. Quando tecnologias como o 5G, cloud e IA convergem, reforçam-se mutuamente e criam inúmeras oportunidades nos chamados cinco principais domínios da tecnologia: conectividade, IA, cloud, computação e aplicações da indústria.

"A Huawei tem pontos fortes em cada um desses domínios", continuou Guo. "Podemos combiná-los para criar soluções scenery-based que atendam às necessidades únicas dos nossos clientes e parceiros. Isto é essencial para alcançar todo o potencial do 5G e impulsionar o sucesso comercial".

Para que o 5G tenha sucesso comercial, é necessário que toda a indústria trabalhe em conjunto. As aplicações verticais de indústria podem apenas ser replicadas em escala se existirem padrões unificados um ecossistema colaborativo em vigor. "No futuro, a Huawei irá redobrar os esforços para equipar os nossos parceiros com os recursos necessários", garante Guo. “Vamos promover a inovação conjunta e impulsionar o crescimento de todos na cadeia de valor".

 

Equilibrar o curto e longo prazo para máximos resultados

Segundo Guo, “dado o atual ambiente económico, as operadoras precisam de se concentrar em objetivos de curto e longo prazo. Uma implementação mais precisa é vital para  maximizar o valor das suas redes". 

Aqui, continua, a Huawei oferece três sugestões:

  • Primeiro, as operadoras devem priorizar a experiência do utilizados e focar o investimento onde for mais necessário para maximizar o valor das redes existentes.
  • Em segundo lugar, as operadoras devem tomar o máximo partido das redes 4G e FTTx existentes e integrá-las nas novas redes 5G por via de coordenação holística e planeamento preciso.
  • Por último, os planos de implementação 5G devem priorizar hotspots e as principais aplicações de indústria.

 

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.