IoT & REDES
Reconhecimento facial aplicada em autenticação de passageiros em aeroporto

Reconhecimento facial aplicada em autenticação de passageiros em aeroporto

A NEC irá fornecer o sistema de reconhecimento facial para o novo check-in "One ID" do aeroporto de Narita, que fará a identificação dos passageiros do check-in até ao embarque e ajudará a prevenir ataques terroristas e otimizar operações

A NEC anunciou que irá fornecer à Narita International Airport Corporation (NAA), um sistema de reconhecimento facial para o novo processo "One ID" de controlo de passageiros desde o check-in até ao embarque. A NAA informou que irá passar a uma fase de definição detalhada do sistema, o qual prevê que entre em operação a partir da primavera de 2020.

Este novo processo irá possibilitar o registo de imagens faciais durante os procedimentos iniciais no aeroporto, tais como o check-in, e se essas imagens coincidirem com as fotos de passaporte existentes na base de dados, os passageiros poderão prosseguir para outros procedimentos tais como a entrega de bagagem, a passagem pelo controlo de segurança e o embarque, sem precisarem de apresentar nem os cartões de embarque nem os passaportes, convencionalmente exigidos.

Em resultado disto, espera-se que os passageiros no Aeroporto de Narita possam embarcar mais facilmente, com menos processos repetitivos e sem esperar tanto tempo em filas de embarque ou de controlo de segurança.

O novo processo utilizará o reputado mecanismo de inteligência artificial para reconhecimento facial da NEC, o "NeoFace", que se destaca por ser aquele que apresenta a mais elevada precisão de reconhecimento a nível mundial, e que pertence ao portfólio de tecnologias de autenticação biométrica avançada da NEC, "Bio-IDiom."

Este sistema, o primeiro deste género no Japão, possibilitará o aumento da precisão de reconhecimento de indivíduos em cada processo de identificação, e ajudará a implementar medidas mais eficazes para prevenção do terrorismo e outros incidentes. Além disso, à medida que a escassez de mão-de-obra especializada se vai tornando uma questão cada vez mais premente, este sistema pode melhorar a eficiência das operações e reduzir o número de funcionários requeridos nos aeroportos, pela automatização dos procedimentos de identificação.

A NEC posicionou a sua área de negócio de segurança como um motor para o seu crescimento global, de acordo com o seu plano de gestão a médio prazo, que terminará no ano fiscal de 2020, o "Mid-term Management Plan 2020". Desta forma, este sistema de reconhecimento facial acelera e fortalece o desenvolvimento de soluções e serviços em apoio das soluções NEC para Cidades Seguras, contribuindo assim para a criação de cidades mais seguras e protegidas.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.