SEGURANÇA
RGPD: reconhecimento facial dá multa a escola sueca

RGPD: reconhecimento facial dá multa a escola sueca

A primeira multa no âmbito do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) aplicada em território sueco foi dirigida a uma escola secundária

No norte da Suécia, uma escola secundária foi multada em cerca de 18.577 euros, o equivalente a 200 mil coroas suecas, por violação da privacidade de 22 estudantes, num projeto de teste de reconhecimento facial que terá durado três semanas.

Esta é a primeira multa conhecida na Suécia no âmbito do incumprimento do Regulamento Geral de Proteção de Dados.

O projeto piloto de reconhecimento facial foi levado a cabo com o objetivo de monitorizar as presenças dos alunos. A administração da escola garantiu que os dados foram recolhidos com o consentimento dos visados, mas a autoridade que garante o cumprimento do RGPD na Suécia considerou haver violação do regulamento, visto existir uma relação de poder assimétrica entre os alunos e a administração da escola, e o consentimento poder ser condicionado por esse facto.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.