SMART CITIES
App portuguesa previne formação de filas

App portuguesa previne formação de filas

Desenvolvida no âmbito do movimento tech4COVID19, com apoio da Google e NOS, a plataforma naFila permite mitigar a agregação de pessoas associada a filas através de um sistema de senhas virtuais

naFila é um sistema de senhas virtuais sem contacto que pretende acabar com os aglomerados no momento de entrada nos estabelecimentos comerciais e tornar as deslocações mais seguras. Através deste projeto, nascido no âmbito do movimento tech4COVID19 e que conta com o apoio da Google e da NOS, é possível aguardar entrada afastado do estabelecimento, evitando potenciais pontos de propagação e contágio pelo novo coronavírus.

Para assegurar a sua vez na fila, o utilizador tem apenas de inserir, através do seu telemóvel, o código da loja comercial em que pretende entrar, disponível no próprio estabelecimento, para que automaticamente lhe seja atribuída uma senha virtual pessoal. Desta forma, pode depois esperar longe do local, sendo-lhe enviado um alerta por SMS ou email quando chegar a sua vez. Para assegurar a proteção de toda a população, o sistema é 100% gratuito para consumidores e lojistas e não exige qualquer aplicação ou registo.

O naFila está já em funcionamento em diversos locais a nível nacional, nomeadamente algumas lojas Chicco, FNAC, iStore e clínica Joaquim Chaves Saúde do Cascais Shopping, União das Juntas de Freguesia de Alcanena e Vila Moreira, entre outros. Para se juntarem ao projecto, os lojistas só têm de se registar em nafila.pt e serão contactados pela equipa de implementação do sistema.

“O naFila surgiu da preocupação crescente de possível contaminação nas filas que, por vezes, se geram à porta de algumas superfícies comerciais. Todos nós já chegámos a encontrar filas enormes onde as pessoas não cumprem as recomendações de segurança e distanciamento social da DGS. Além da maior exposição ao vírus, as limitações de entrada implicam ainda um longo tempo de espera em pé, o que não é confortável para idosos, doentes crónicos e pessoas imunocomprometidas, população de risco que deve ser salvaguardada. Desta forma, é para nós importante que o sistema chegue ao máximo de pessoas possível, de forma acessível e gratuita”, refere Nuno Góis, responsável do projeto.

Todas as novidades e informação sobre a iniciativa e os espaços onde está disponível encontram-se no site e na página de Facebook. O naFila junta-se às cerca de 40 soluções tecnológicas que o tech4COVID19 tem em curso, que têm como objetivo apoiar as mais diversas esferas da população no combate à COVID-19. 

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.