SMART CITIES
Matosinhos incorpora projeto energético europeu

Matosinhos incorpora projeto energético europeu

A MatosinhosHabit vai ser uma de oito cidades a integrar o projeto europeu ATELIER, que prevê a criação de áreas urbanas de energia positiva no concelho

Inserido no âmbito do conceito Smart Cities, o programa ATELIER tem como principal objetivo o desenvolvimento de Distritos de Energia Positiva (PED – Positive Energy Districts) em várias cidades europeias, das quais fazem parte Matosinhos, Amesterdão, Bilbao, Bratislava, Budapeste, Copenhaga, Cracóvia e Riga. 
Destas oito cidades, Amesterdão e Bilbao, líderes do projeto, serão designadas como Lighthouse Cities (LC) e as restantes, onde se insere Matosinhos, como Fellow Cities (FC). A dar apoio na implementação deste projeto, estarão 30 entidades parceiras de cada localidade, nomeadamente institutos, universidades, municípios e parceiros tecnológicos. 
Este programa tem o objetivo destacar a importância das áreas urbanas de energia positiva e acompanhar a concretização programada dos projetos estabelecidos em Amesterdão e Bilbao. O ATELIER pretende também mostrar, através de experiências e soluções integradas que sustentem a evolução de Distritos de Energia Positiva (PED) nas Lighthouse Cities, a replicação dessas soluções nas Fellow Cities, onde está incluído um conjunto habitacional social na cidade de Matosinhos.

 

Implementado até outubro de 2024, o projeto ATELIER assenta em três princípios fundamentais: 

Redução de emissões de CO2 - realizado a nível local através da implementação de soluções urbanas inteligentes que englobam uma combinação de normas técnicas, financeiras, legais e sociais que apoiem a integração de sistemas, a produção de energia renovável e de alta eficiência energética, estimulando assim investimentos públicos e privados locais.
Sistemas energéticos sustentáveis, seguros e acessíveis à população – os Distritos de Energia Positiva (PED) apoiam a concretização deste objetivo, proporcionando uma melhoria na qualidade de vida dos cidadãos ao nível do ambiente urbano e habitacional, mas também através da criação de sistemas inteligentes que contribuam para a segurança e a acessibilidade do sistema como um todo.
Colaboração e partilha de conhecimento - para realizar, ampliar e replicar Distritos de Energia Positiva, através de soluções urbanas inteligentes, o ATELIER cria oportunidades únicas de colaboração numa rede de entidades públicas, institutos, indústria e cidadãos ativos no distrito e na cidade, enquanto partilha conhecimentos e experiências com as Fellow Cities, projetos relacionados com Smart Cities e outras cidades da União Europeia. 


Atualmente está a ser executado o WP2, ou seja, a construção da visão da cidade para 2050, que contempla a análise dos planos em execução pelo município (planos relacionadas com a descarbonização da cidade, nos quais se inserem, entre outros, as obras realizadas nos nossos conjuntos habitacionais), o desenvolvimento de ferramentas de planeamento energético e a criação de um plano de ação para a implementação desta “nova” cidade. O objetivo é que este traduza as opções do município para a sua descarbonização”, explica Tiago Maia, administrador da MatosinhosHabit.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.