ENERGIAS
Reino Unido testa estradas geradoras de energia

Reino Unido testa estradas geradoras de energia

O projeto, a ser implementado na cidade de Aylesbury Garden com vista ao aproveitamento da energia cinética do trânsito circulante, recebeu um financiamento público de 4,5 milhões de libras como parte de um programa de inovação nacional para revolucionar as redes rodoviárias locais com a introdução de infraestrutura inteligente

O projeto ‘Smart Connected Community: Live Labs’, liderado pelo conselho de Buckinghamshire, concentra-se na cidade de Aylesbury Garden e envolve investigadores de topo do Departamento de Engenharia da Universidade de Lancaster, os quais irão projetar, fabricar e testar “estradas inteligentes” que geram eletricidade usando a piezoeletricidade (capacidade de certos materiais gerarem tensão elétrica em resposta à compressão mecânica) e a dinâmica hidromecânica dos veículos circulantes.

A eletricidade gerada pelas “estradas inteligentes” será armazenada por baterias para alimentar a iluminação pública, sinais de trânsito, monitores de poluição do ar e sensores que podem detectar degradação do asfalto. Além disto, as estradas gerarão dados sobre a velocidade de circulação, tipos de veículos e outros dados sobre o fluxo de tráfego, que serão usados pelas autoridades locais de gestão rodoviária para otimizar a gestão do tráfego.

Os investigadores vão desenvolver projetos à medida para as condições rodoviárias específicas de Aylesbury, que serão testados com recurso a simulações em computador para determinar o número e localização ideais das seções de captação de energia antes de serem construídos e instalados em Buckinghamshire.

Este é um de oito projetos financiados pelo programa de inovação SMART Places Live Labs, tendo recebido 4,5 milhões de libras em financiamento.

O fundo de 22.9 milhões de libras é liderado pela Association of Directors of Environment, Economy, Planning and Transport (ADEPT), que representa os líderes locais de todo o país no apoio à inovação digital fora da Rede Estratégica de Estradas (SRN), controlada pela Highways England.

Em vigor até à primavera de 2021, o programa ADEPT Smart Places conta com o apoio de diversos parceiros de indústria, incluindo a consultora EY, para introduzir inovação digital nas áreas da mobilidade, transportes, manutenção rodoviária, dados, energia e comunicações. A iniciativa de Aylesbury está também integrada no projeto europeu SAFERUP (Sustainable, Accessible, Safe, Resilient and Smart Urban Pavements).

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.