SEGURANÇA
Principal linha férrea de Bruxelas recebe sistema de deteção de intrusos

Principal linha férrea de Bruxelas recebe sistema de deteção de intrusos

A Infrabel, empresa de gestão de transportes ferroviários belga, instalou na linha norte-sul de Bruxelas 30 câmaras térmicas Series Rail da tecnológica Flir Systems , capazes de detetar pessoas nas vias com 99% de precisão, de forma a prevenir danos e acidentes na linha mais ocupada do país

A Infrabel, empresa de gestão de transportes ferroviários belga, instalou na linha norte-sul de Bruxelas 30 câmaras térmicas Series Rail da tecnológica Flir Systems , capazes de detetar pessoas nas vias de forma a evitar acidentes e danos na infraestrutura. Com esta instalações, os operadores da Infrabel passam a poder detetar pessoas nas vias com 99% de precisão.

A linha em questão é a mais concorrida do país, com seis vias nas quais correm diariamente cerca de 1.200 comboios. Os acidentes e atrasos têm, assim, um impacto particularmente grande nas operações de transportes – em 2018, a média de atrasos foi de 6 horas por dia.

As câmaras térmicas Series Rail captam as emissões de calor das pessoas que entram nos túneis e usam algoritmos inteligentes para detetar com precisão presenças não-autorizadas na ferrovia, como intrusos e animais, de forma enviar um alerta para o operador sempre que – e apenas quando – necessário.

Segundo o diretor de projeto da Divisão de ITC da Infrabel, Stefaan Vernieuwe, as imagens da deteção em tempo real permitem aos operadores nas salas de controlo avaliar a situação de imediato para poder tomar uma decisão atempadamente, bem como analisar o incidente a posteriori.

“Desde intenções de vandalismo até ao desconhecimento ou simples tentativa de apanhar um atalho, as pessoas invadem as ferrovias por uma variedade de motivos”, refere o responsável. 

Por seu lado, Werner Feliz, diretor de desenvolvimento de negócios internacionais da FLIR Systems, garante que estas câmaras detetam com precisão no escuro, a longa distância e em qualquer tipo de condições meteorológicas. “A precisão é fruto  da capacidade de configuração do sistema e da inteligência incorporada diretamente na câmara, que permitem aos operadores identificar e prevenir problemas mais rapidamente, o que por sua vez melhora a segurança, reduz os atrasos e diminui os custos”, conclui o responsável.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.