EDIFÍCIOS
Fábrica inteligente da Ericsson entra em funcionamento na China

Fábrica inteligente da Ericsson entra em funcionamento na China

A fábrica inteligente automatizada de Nanjing encontra-se entre as instalações mais avançadas do mundo. Foram modernizadas todas as etapas de produção e implementadas ferramentas e tecnologias de IoT celular, Indústria 4.0 e IA

O mês de setembro de 2019 assinala um marco relevante nas capacidades de fabrico inteligente da Ericsson ao chegar ao fim uma transformação avaliada em 500 milhões de coroas suecas, cerca de 46,7 milhões de euros, na fábrica da empresa em Nanjing, na China. A fábrica automatizada resultante desta transformação encontra-se entre as instalações de fabrico mais avançadas da indústria.

A Ericsson produz produtos de tecnologia de rádio 5G e 4G na fábrica, sendo que a maioria suporta os prestadores de serviços de comunicação no mercado chinês para aumentar a capacidade de rede, implementando o 5G e tornando a Indústria 4.0 uma realidade.

A atualização, que durou 18 meses, serviu para a Ericsson modernizar todas as etapas do processo de produção em Nanjing, como preparação para a introdução e a implementação rápida do 5G na China. Tal inclui a primeira linha de montagem automática de design modular para rádios 5G, que permitirá que a Ericsson produza os mais recentes rádios 5G na capacidade necessária para responder às necessidades do mercado chinês.

A partir do segundo trimestre de 2019, foi implementada uma linha de embalamento automática atualizada, que dá suporte a produtos 4G e 5G.

A Ericsson também modernizou equipamentos de teste de 5G para serem mais eficientes e mais flexíveis em todo o portfólio de produtos. Além da contribuição para a elevada qualidade dos produtos, isto também significa que os produtos podem ser introduzidos no mercado mais rapidamente.

A competência e as formas de trabalhar com ferramentas de análise, inteligência artificial (IA) e aprendizagem automática também beneficiaram deste investimento. A IA é, agora, utilizada para reconhecer componentes na linha de produção, aumentando a eficiência, a precisão e a qualidade.

As tecnologias avançadas de IoT móvel na fábrica de Nanjing possibilitam um sistema de alertas automáticos que chama a atenção imediata para problemas e falhas graves. Implementadas em 45 estações de trabalho, permitem aumentar a eficiência e a velocidade do sistema de produção.

A fábrica de Nanjing faz parte da cadeia de fornecimento global da Ericsson e estas novidades sucedem os anúncios anteriores de que a Ericsson iria digitalizar a sua fábrica na Estónia e implementar uma fábrica inteligente nos EUA. A estratégia da cadeia de fornecimento global da Ericsson consiste em assegurar que a empresa trabalha em proximidade com os clientes nas suas operações europeias, asiáticas e americanas, e garante entregas rápidas e ágeis para satisfazer os requisitos dos clientes.

Fredrik Jejdling, Vice-presidente Executivo e Chefe de Redes da Área Comercial da Ericsson, afirma que "este é outro marco importante na nossa preparação de fornecimento global do 5G. A nossa fábrica em Nanjing é um excelente exemplo de como a nossa tecnologia de próxima geração está a mudar o futuro do fabrico de forma positiva. Enquanto empresa de nível global, obtivemos informações úteis do ensaio e da implementação da tecnologia de 5G nas indústrias e, agora, estamos a aplicar a nossa aprendizagem nas nossas próprias fábricas, o que será vantajoso para todo o ecossistema. Os nossos clientes na China tirarão partido das vantagens da velocidade, capacidade e liderança de tecnologias que a nossa fábrica inteligente automatizada nos proporcionará".

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.