EDIFÍCIOS
Parceria portuguesa desenvolve janelas inteligentes

Parceria portuguesa desenvolve janelas inteligentes

ECOSTEEL e CeNTI lançam janela inteligente controlada por gestos ou App que aumenta o conforto e eficiência energética dos edifícios

Uma janela que se abre e fecha por gestos ou é controlada por uma aplicação móvel, com um sistema inteligente de renovação de ar que garante total conforto na habitação. É a mais recente inovação tecnológica da empresa portuguesa ECOSTEEL e do CeNTI-Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes. A solução inteligente, que deverá chegar ao mercado no final de 2021, inclui ainda um sistema autónomo de aquecimento de perfis, para evitar o congelamento de água nos canais de escoamento. Será ainda uma excelente ferramenta para promover a eficiência energética dos edifícios.

A janela inclui assim várias tecnologias inovadoras, assegurando, com isso, mais conforto e segurança para o utilizador e um melhor controlo de gastos energéticos, diminuindo o consumo energético.

Joana Fonseca, gestora do Projeto por parte do CeNTI, destaca sobretudo o sistema inteligente de renovação do ar como sendo uma das principais características diferenciadoras da janela, com direto impacto no bem-estar e saúde dos utilizadores: “A qualidade do ar no interior dos edifícios é hoje uma das maiores preocupações na área da construção, dado o seu elevado impacto nas doenças pulmonares da população”. 

Além desta funcionalidade, a investigadora sublinha também a importância do aquecimento automático de perfis. “Neste caso, não é suposto haver interação com o utilizador, o sistema ativa-se sozinho sempre que a temperatura desce abaixo de determinado valor”, refere. “A janela é interativa, podendo ser controlada por gestos ou através de uma aplicação móvel”, revela ainda Joana Fonseca.

De acordo com a responsável, a janela inteligente deverá chegar ao mercado no final do próximo ano, mas a sua comercialização deverá ser, sobretudo, fragmentada: "acreditamos que, à partida, não será vendido o pack completo, mas apenas alguns módulos. Ou seja, poderão ser utilizados todos os sistemas que estamos a desenvolver ou apenas alguns deles. Tudo dependerá do tipo de edifício e de janela e até da própria localização geográfica”. E acrescenta: “É um trabalho que a ECOSTEEL fará, isto é, adaptar as suas janelas e características mediante o projeto que os clientes pretendem e o espaço envolvente”. 

A janela inteligente, que integra vários sistemas autónomos, de interação e domótica, promete revolucionar os setores da construção e arquitetura, sendo a resposta aos atuais princípios da eficiência energética e sustentabilidade ambiental.

O projeto SMARTFRAME tem como promotor a ECOSTEEL e copromotor o CeNTI e é cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020) e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.