EDIFÍCIOS
Schréder fecha fábricas

Schréder fecha fábricas

O Grupo Schréder decidiu suspender temporariamente a produção nas suas fábricas em Portugal, Espanha, França e Hungria para evitar a propagação do COVID-19

O Grupo Schréder anunciou a suspensão temporária da produção de quatro das suas fábricas europeias – Portugal, Espanha, França e Hungria – para mitigar a expansão do COVID-19 nas cidades.

A empresa prevê que esta medida se prolongue, inicialmente, até 5 de abril, com a possibilidade de extender este período se necessário. No entanto, o atendimento ao cliente e a distribuição manter-se-ão operacionais.

Depois da declaração oficial de pandemia por parte da Organização Mundial de Saúde, o Grupo Schréder implementou medidas globais para garantir a proteção dos seus 2.600 funcionários em todo o mundo, bem como a continuidade de negócios e atendimento ao cliente.

Paralelamente a esta decisão, o Grupo Schréder está a assegurar a continuidade dos negócios, mantendo o atendimento ao cliente e o fornecimento e distribuição nos países afetados (implementando as medidas recomendadas de segurança e saúde dos colaboradores), além de organizar a sua cadeia de fornecimento para que fique totalmente operacional logo que a atividade seja retomada.

Entretanto, as fábricas na China, África do Sul e Ucrânia continuarão em operação e a empresa continuará a analisar a situação atual de forma a adotar as medidas necessárias.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.