EDIFÍCIOS
Siemens responsável pelos sistemas de controlo da Expo Dubai 2020

Siemens responsável pelos sistemas de controlo da Expo Dubai 2020

A exposição, que receberá, em seis meses, 25 milhões de visitantes, contará com as soluções de gestão de edifício da Siemens para conectar, monitorizar e controlar os edifícios de todo o recinto e ajudar os operadores a monitorizar e optimizar o consumo energético, qualidade do ar, iluminação climatização e alarmes

O Dubai está prestes a criar uma das exposições mundiais mais conectadas e sustentáveis da história, a Expo Dubai 2020. E é aqui que a Siemens vai criar uma das maiores instalações do mundo das suas tecnologias de gestão de edifícios. Estas soluções digitais vão “dar vida” a esta cidade do futuro que está a surgir no deserto e vão permitir conectar, monitorizar e comandar edifícios em todo o recinto da Expo, através da plataforma MindSphere, que vai também recolher e analisar dados para auxiliar a tomada inteligente de decisões. As tecnologias que a Siemens vai instalar ajudarão a Expo Dubai 2020 a cumprir as suas metas de sustentabilidade, conforto e segurança.

A Expo Dubai espera receber 25 milhões de visitantes, mais do dobro da população portuguesa, e vai estar de portas abertas durante seis meses, de outubro de 2020 a abril de 2021.

Enquanto parceira de digitalização de infraestruturas da Expo 2020, a Siemens vai instalar a plataforma digital de gestão de edifícios Desigo CC em todos os parques temáticos do evento (Mobilidade, Oportunidade e Sustentabilidade), nos respetivos pavilhões e no Centro de Exposições do Dubai. O sistema vai utilizar sensores e análise de dados para monitorizar e comandar diferentes vertentes dos edifícios nos três parques, tais como o ar condicionado, consumos de energia, sistemas de comando de iluminação, de elevadores, de qualidade do ar e alarmes de incêndio.

Os centros de comando e monitorização, um por cada parque temático, vão fazer a gestão dos dados recolhidos nestes sistemas no sentido de reduzir os consumos de energia, assegurando o conforto dos visitantes e dos utilizadores dos edifícios e garantindo níveis máximos de segurança. Os dados também serão enviados para o Navigator, uma plataforma de gestão centralizada baseada na nuvem da Siemens. A ligação dos 137 edifícios do recinto vai resultar numa das maiores instalações mundiais deste sistema, proporcionando aos operadores a supervisão completa do recinto e a análise de dados para monitorização do consumo de energia durante a Expo.

“A Siemens participa ativamente em todas as exposições mundiais desde a invenção do primeiro telégrafo de ponteiro na Expo 1851 em Londres, que revolucionou as telecomunicações na altura. Já na realização da Expo 98, em Lisboa, foi uma importante parceira tecnológica” disse Pedro Pires de Miranda, Presidente Executivo da Siemens Portugal, acrescentado que, “no Dubai, como em todas as outras cidades Expos que a antecederam, queremos deixar um legado tecnológico sustentável, contribuindo para revitalizar e modernizar as suas infraestruturas de forma inteligente”.

 

Plataformas de segurança e de logística

Com a infraestrutura digital comandada pela plataforma MindSphere, os dados provenientes de múltiplos sensores, portas, sistemas e aplicações serão integrados, correlacionados, analisados e visualizados de forma a permitir a execução de medidas inteligentes. Os sistemas chave de proteção e segurança também vão ser integrados na infraestrutura digital da Expo, através de uma instalação recordista, a nível mundial, do sistema de gestão de vídeo da Siemens, o Siveillance VMS300, e do poderoso sistema de controlo de acesso SiPass Integrated. 

Mais de 20 subsistemas, incluindo segurança, controlo de acesso, gestão de edifícios e sistemas de proteção contra incêndios, vão estar integrados na plataforma de comando e monitorização centralizada – o Siveillance Vantage - para permitir uma avaliação holística de todas as situações, bem como a tomada inteligente de decisões. 

A Siemens vai instalar neste local a sua sede global da área de logística aeroportuária, carga e portos assim que termine a Exposição em Abril de 2021. A empresa vai ter uma ampla gama de soluções, tecnologias e produtos inovadores para ajudar a planear, implementar e gerir o evento. 

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.