REDES
Alemanha fará supervisão mais rígida à Huawei

Alemanha fará supervisão mais rígida à Huawei

Como parte da estratégia para lidar com 'fornecedores de alto risco', a Alemanha quer uma supervisão mais rígida da Huawei, mas não procura uma proibição total da empresa chinesa

A Huawei pode estar prestes a enfrentar uma supervisão mais dura por parte do governo alemão, através ao debate contínuo sobre como lidar com "fornecedores de alto risco".

A Reuters relatou que a proposta do governo para uma supervisão mais rígida dos fornecedores de redes de telecomunicações não chega a uma proibição total de equipamentos 5G.

Em fevereiro, foi relatado que os legisladores alemães apoiaram a posição de não banir a Huawei. Esta semana, os meios de comunicação locais relataram que algumas fontes do governo chegaram a um acordo de princípio para “estender o escrutínio da governança e tecnologia de um fornecedor para Redes de Acesso de Rádio (RAN) que alimentam serviços 5G de próxima geração, além do núcleo mais sensível ”.

A Reuters noticia que nem todos os departamentos do governo concordam com este conceito, com o Ministério da Economia a referir que as negociações sobre o regime regulatório proposto “continuam e não foram concluídas”.

Ao que tudo indica, o governo alemão pode estar perto de chegar a um acordo sobre uma posição sobre a Huawei, a julgar por alguns relatos que saem dos meios locais.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.