EDIFÍCIOS
Inovações de IIoT criam primeira smart factory das Filipinas

Inovações de IIoT criam primeira smart factory das Filipinas

A Schneider Electric transformou as suas próprias instalações com recurso a IIoT para criar a primeira smart factory das Filipinas

A Schneider Electric lançou a sua primeira smart factory nas Filipinas no passado mês de março de 2019, em PEZA Rosario, Cavite. Com o rápido crescimento da tecnologia e da digitalização, as indústrias devem compreender o valor da construção ou migração para uma Smart Factory.

As Smart Factories possibilitam:

  • Personalização em massa. Para enfrentar os desafios da eficiência da produção, da rentabilidade e outras necessidades mais detalhadas das empresas, as fábricas tradicionais deparam-se com a necessidade de produzirem bens mais personalizados para dar resposta às exigências versáteis de diferentes mercados.
  • Maior qualidade. A digitalização leva a uma nova abordagem nos modelos de negócio. As empresas têm acesso às novas tecnologias, pelo que as indústrias precisam de oferecer serviços de alta qualidade associados a essas tecnologias.
  • Custos de energia reduzidos. Prevê-se que a procura de eletricidade cresca 200% em 2040. A energia tornou-se numa parte cada vez maior dos custos totais de operação de uma fábrica, e a redução da sua pegada ecológica é também uma preocupação cada vez maior. A digitalização pode dar uma resposta a ambas.
  • Excelência operacional. À medida que as fábricas continuam a enfrentar falhas aleatórias que dificultam a produção continuada, as ferramentas e soluções digitais tornam-se necessárias para simplificar processos, identificar anomalias e riscos e assegurar a continuidade do negócio.
  • Mudança de mentalidade. É necessária a requalificação da força de trabalho para que seja possível um real acréscimo de valor. Nesse caminho, a transformação digital é a chave para auxiliar nesse processo e na aprendizagem de como operar novas tecnologias.

Michael Crozat, Vice President for Philippine Operations da Schneider Electric, explicou que a empresa decidiu “transformar as nossas instalações em Cavite numa Smart Factory em 2017, porque queríamos servir melhor os nossos parceiros e clientes. Ao utilizar o EcoStruxure for Industry, a implementação do programa foi rápida e garantiu-nos uma certificação global imediata em 2018. Desde o início da transição, temos conseguido, anualmente, uma poupança de energia na ordem dos 13% e um aumento da produção em 14%. Olhando para o futuro, queremos que o EcoStruxure seja uma solução que as outras empresas possam usar para otimizar os seus negócios, à medida que criamos continuamente mais inovações, que podem servir melhor os mercados”.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.