INOVA
Schneider Electric investe 16 milhões em iniciativas de sustentabilidade

Schneider Electric investe 16 milhões em iniciativas de sustentabilidade

A Schneider Electric comprometeu-se para com um investimento de 16 milhões de dólares em empresas de Singapura que estejam a usar tecnologias como IoT, 5G, IA e robótica para criar soluções inovadoras de optimização do consumo energético

A Schneider Electric anunciou um memorando de entendimento com o Singapore Economic Development Board (EDB) para criar um novo programa de Venture Building, focado na criação de novos empreendimentos comerciais e, em última instância, na inovação e nas empresas de Singapura.

A Schneider Electric compromete-se com um mínimo de 16 milhões de dólares de Singapura ao longo dos próximos quatro anos para criar incubadoras e desenvolver empresas sediadas no país e que apresentem forte potencial global e capacidade de expansão. O grupo vai também oferecer a sua experiência em gestão de energia, automação industrial e transformação digital para ajudá-las a tornarem-se globais. Para além disso, vai ainda proporcionar acesso ao mercado e o seu conhecimento sobre a cadeia de distribuição global para "levar estas empresas ao nível seguinte".

“Estamos entusiasmados com esta parceria para desenvolver novas empresas em Singapura”, afirmou Emmanuel Lagarrigue, Chief Innovation Officer da Schneider Electric. “Singapura é um centro de inovação e estamos ansiosos por trabalhar com empresários talentosos para construir novas tecnologias e modelos de negócio”.

“Estamos satisfeitos por a Schneider Electric ter escolhido estabelecer o seu programa de Venture Building em Singapura”, reconheceu Beh Kian Teik, Assistant Managing Director do EDB. “Com este Memorando de Entendimento, as atividades de inovação da Schneider Electric no nosso território vão aumentar, em linha com o objetivo do EDB de ajudar empresas a construir novos empreendimentos a partir de Singapura.”

O programa de Venture Building dirige-se a novos empreendimentos que pretendam encontrar soluções para combater as alterações climáticas e fazer a transição global para as energias renováveis. Novas tecnologias como IoT, 5G, IA e robótica representam novas oportunidades para abordar mercados em crescimento, designadamente o dos recursos energéticos distribuídos (REDs), da energia como serviço, eletromobilidade, armazenamento de energia e ainda  aquecimento, ventilação e refrigeração (AVAC) eficientes.

O investimento em Singapura faz parte do programa global de inovação da Schneider Electric que inclui incubadoras, investimentos e parcerias, e está alinhado com o objetivo da empresa de combinar a inovação externa com pessoal e recursos internos, de forma a transformar rapidamente a forma como o mundo utiliza e gera energia.

A Schneider Electric já tinha realizado uma parceria anterior com o EDB, no âmbito da iniciativa de desenvolvimento de liderança EDB SkillsFuture, para lançar o Energy Generation – X, um programa de estágios na área de Gestão para licenciados da Nanyang Technological University e da National University of Singapore.

Foi também em Singapura que a Schneider Electric conseguiu o seu primeiro edifício neutro em carbono, primeiro passo do plano global da empresa para transformar dessa mesma forma  os vários milhares das suas instalações em todo o mundo; o objetivo é que funcionem totalmente com eletricidade renovável até 2030.

 

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.